O tempo que vai passando, leva-nos para outra idade.

Segunda-feira, 14 de Janeiro de 2008

Analisando a importância dada, até parece que ao palavrões do Sr.Camacho são acontecimento nacional. Que não é bonito não é, mas…daí a destaque!

Aliás a naturalidade com que lhe fugiu a língua para a verdade, o senhor deve utilizar aquele tipo de vocabulário com a mesma frequência com que diz “por supuesto”. Como está no nosso País há pouco tempo, é muito provável que ainda não tenha conseguido aprender bem a língua portuguesa ou…a tradução dela. É que, embora não pareça, o português e o espanhol são línguas completamente diferentes (logo nos palavrões são coincidentes).

No contexto ele achou que vinha a propósito (fora do texto) e, estando numa democracia, expressou-se. Nem a imprensa achou um despropósito, mais precisamente a RTP e, no seu papel de serviço público vai de chamar a atenção do pessoal. Mais, antes que algum ouvinte estivesse distraído ou não percebesse o “pi…”, passou a peça duas vezes, uma para anunciar o despautério e outra para lhe dar condigna visibilidade.

Assim sendo, o Sr. Camacho já sabe. Quando achar que a conversa não tem muito sumo, mande-lhe um “f…da-se” e garanto-lhe que passa a ser notícia. 

 

tags:
publicado por outraidade às 15:34
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
16
17
18
19

20
21
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Últ. comentários
A Nicotina Magazine e a Nicotina Editores estão a ...
Apenas é um espaço onde se pode encontrar almas gé...
Como leitor assíduo do teu Blog e vice-versa e de...
Obrigada. Para sim também.
Sim, concordo consigo, dá que pensar.
Talvez procuremos apenas atenção, a que não temos ...
Temos que ir mudando para não deixarmos que o mofo...
Gosto do novo look. Poético, suave e primaveril, c...
Muito sentido, ainda hoje que já passaram alguns ...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro