O tempo que vai passando, leva-nos para outra idade.

Segunda-feira, 03 de Abril de 2006

Nas nossas meditações diárias, quantas vezes, pensamos no tempo que não tivemos para estudar, para concluir uma formação superior, para nos actualizarmos neste mundo das tecnologias e ficamos com a sensação de perdas, de termos ficado pelo caminho, de estarmos "por fora" e a nossa inibição retrai-nos nas conversas entre amigos ou discussões sobre assuntos da actualidade.

Esquecemo-nos, muitas vezes, da empresa que construímos, da equipe que liderámos, do horário que não tivemos. Afinal sempre desenvolvemos projectos aos quais demos tudo o que sabíamos, nos quais entregamos todo o esforço para uma vida melhor, especializando-nos na arte de amar. Este foi o caminho que escolhemos de pais, de avós e que fomos realizando com uma doação integral, sem que o tempo fosse impedimento e as dificuldades não se ultrapassassem. 

Agora, nesta idade, gerimos o tempo com outro saber, ainda que não consigamos desprender-nos totalmente dessa empresa que erguemos e que vai dando os seus frutos que farão parte constante das nossas preocupações.

Mas é altura para pensarmos um pouco mais nas nossas vontades, nos nossos prazeres, na realização de alguns sonhos que ficaram para trás. Já pensou nisso seriamente? 

 

publicado por outraidade às 10:55
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2006
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
14
15

16
18
20
21
22

23
25
26
27
28
29

30


Últ. comentários
A Nicotina Magazine e a Nicotina Editores estão a ...
Apenas é um espaço onde se pode encontrar almas gé...
Como leitor assíduo do teu Blog e vice-versa e de...
Obrigada. Para sim também.
Sim, concordo consigo, dá que pensar.
Talvez procuremos apenas atenção, a que não temos ...
Temos que ir mudando para não deixarmos que o mofo...
Gosto do novo look. Poético, suave e primaveril, c...
Muito sentido, ainda hoje que já passaram alguns ...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro