O tempo que vai passando, leva-nos para outra idade.

Segunda-feira, 19 de Setembro de 2011

 

Em Portugal a modernidade do ensino tem passado por controversas obras que se prolongaram por todo o ano passado lectivo.

Ou se aproveita o edifício de raíz acupulando-lhe um descaracterizado bloco arquitectónico ou, se inicia aquilo que decidiram chamar centro escolar.

Esta política gera o abandono de antigos edifícios ou, não menos mau, gera escolas algo miscenizadas de estilos arquitectónicos. Mas essa é apenas a parte estética da coisa que, naturalmente, se reflecte na parte económica dessa mesma coisa.

Investir na educação, parece chamar-se.

Entremos então numa dessas escolas remendadas.

Continuam a funcionar com os mesmos quadros (sejam de giz ou interactivos), continuam a ter o mesmo mobiliário, os velhos livros de sumários... mas foi investimento na educação!

As papeladas nas mãos dos professores são mais que muitas, as fotocópias não conseguem impor-se ao uso do mail da rede interna...mas foi investimento na educação!

O aluno continua a ter uma super protecção...mas foi investimento na educação!

As potencialidades de uma escola não são aproveitadas para determinados cursos e abrem-se cursos iguais na escola ao lado mas...foi investimento na educação!

O número de alunos por turma aumenta mas...foi investimento na educação!

As escolas são obrigadas a receber alunos com necessidades especiais sem terem professores especializados mas...foi investimento na educação!

Há coisas que, por mais que queiramos perceber, não percebemos.

E passassam-se anos a discutir promoções, classificações, progressões...e de educação...nada!

Assim, em Portugal, temos escolas modernas.

 

publicado por outraidade às 16:52
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

21
22
23
24

25
27
28
29
30


Últ. comentários
A Nicotina Magazine e a Nicotina Editores estão a ...
Apenas é um espaço onde se pode encontrar almas gé...
Como leitor assíduo do teu Blog e vice-versa e de...
Obrigada. Para sim também.
Sim, concordo consigo, dá que pensar.
Talvez procuremos apenas atenção, a que não temos ...
Temos que ir mudando para não deixarmos que o mofo...
Gosto do novo look. Poético, suave e primaveril, c...
Muito sentido, ainda hoje que já passaram alguns ...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro