O tempo que vai passando, leva-nos para outra idade.

Sábado, 26 de Julho de 2008

Em Outubro de 2006 publiquei um post que intitulei “Coisas da Idade”. Falar de sentimentos por animais poderá parecer coisas de criança mas também de gente da minha idade em que perdemos alguns preconceitos sobre os juízos de valor dos outros. A plástica da nossa vida leva-nos a esconder os momentos de tristeza deixando apenas que os outros penetrem na nossa concepção de “perfeição”. Encobrimos as lágrimas porque quem está ao nosso lado não sabe como secá-las ou não merece vê-las. Pensando assim, resolvi partilhar esta perda com quem me lê. A minha tronchuda era uma caniche muito especial, especial nos comportamentos, na forma como manifestava os seus acessos de afecto, as suas zangas quando a deixava sozinha, as brincadeiras com bolas e bonecos de peluche, o prazer que tinha em comer fruta e em apanhar banhos de sol. A Shena era destemida apesar do seu pequeno porte. Foi a minha boa companheira em muitos momentos. Não sei se os cães têm alma mas têm de certeza mais qualquer coisa para além do corpo.

                                                                                                                                                                            E essa mais qualquer coisa nela estava muito perto de mim.        

                                                                                               

 

                                              

tags:
publicado por outraidade às 16:58

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

21
22
23
24

25
27
28
29
30


posts recentes
Últ. comentários
A Nicotina Magazine e a Nicotina Editores estão a ...
Apenas é um espaço onde se pode encontrar almas gé...
Como leitor assíduo do teu Blog e vice-versa e de...
Obrigada. Para sim também.
Sim, concordo consigo, dá que pensar.
Talvez procuremos apenas atenção, a que não temos ...
Temos que ir mudando para não deixarmos que o mofo...
Gosto do novo look. Poético, suave e primaveril, c...
Muito sentido, ainda hoje que já passaram alguns ...
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro